(61) 3035 9900 ouvidoria@ictcor.com.br

Alimentação e estilo de vida ajudam a controlar o colesterol

O controle do colesterol é essencial para prevenir as doenças do coração. O colesterol é necessário para o funcionamento do organismo, porém o desequilíbrio dessa gordura pode trazer consequências ruins, especialmente se houver excesso de LDL, conhecido como o colesterol “ruim”.

O Bem Estar desta quinta-feira (21) mostrou alimentos que aumentam e diminuem o colesterol e também falou sobre o colesterol nas crianças. Participaram do programa a consultora e pediatra Ana Escobar e o cardiologista Hermes Toros Xavier.

Cerca de 70% de todo o colesterol é produzido no fígado, o restante tem a ver com alimentação e estilo de vida. Pessoas que têm o colesterol alto pela genética podem ter infarto de 10 a 20 anos antes da população em geral. Na alimentação é preciso evitar o consumo de gorduras saturadas, que ajudam a aumentar o LDL.

Não são só os adultos que têm colesterol alto. Ele pode passar de geração para geração e é detectado ainda na infância.

A pediatra Ana Escobar lembra que quando pais ou avós têm colesterol alto desde jovem, a indicação é de colher o primeiro colesterol com dois anos de idade. A doença chama hipercolesterolemia familiar. São pessoas que tem geneticamente propensão de manter o colesterol alto, independentemente da dieta ou da atividade física. Como a doença é crônica, precisa de cuidados pelo resto da vida.


Fonte: G1

Horário de Funcionamento:

Exames e Procedimentos Eletivos

De Segunda a Sexta-Feira de 8h00 às 18h00

Hospital Anchieta - Centro de Excelência 4º andar

(61) 3035 9900 / (61) 3035 9901

Emergência e Urgência: 24h

Em parceria com a CardioAnchieta. (Pronto Socorro do Hospital Anchieta)

(61) 3353 9000

Ambulatório: Consultas e Pareceres

De Segunda a Sexta-Feira de 8h00 às 18h00

Hospital Anchieta - Centro de Excelência 8º andar
Torre B - Sala 816
Clínica Cárddio - Guichês 6 e 7

(61) 3035 9929 / (61) 3035 9930

Contato

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.